Gratis Joomla Templates by Hostmonster Coupon

Marsa Alam

Um Mar Vermelho alternativo
Uma das grandes vantagens de mergulhar no Mar Vermelho é a longa costa que percorre o país de Norte a Sul, permitindo aos mergulhadores ter uma enorme liberdade de escolha de destinos diferentes, mas todos eles a cair para um mar fabuloso. No fundo, variar! Ao longo dos anos, a natural concentração na costa Norte dos operadores de mergulho foi-se alastrando para Sul, abrangendo cada vez mais costa, até eventualmente chegar ao Sudão. Algumas zonas, por terem desenhos de costa mais favoráveis, acabaram por crescer mais que outras, em redor do mergulho. Marsa Alam é uma delas.


Bem, na realidade a nossa proposta não é bem Marsa Alam, mas sim uma zona cerca de 60 a 70km mais a Norte, muito perto do aeroporto de Marsa Alam e de Port Ghalib, onde toda a acção acontece. O recorte da costa criou algumas baías deliciosas não só para a vista, como também para o mergulho. Em estilo de efeito bola-de-neve, o excelente mar trouxe bons hotéis, que por sua vez trouxeram excelentes centros de mergulho. Somando tudo, temos uma proposta alternativa de mergulho, numa zona onde o mar egípcio nos reserva grandes momentos subaquáticos. Nada melhor do que variar.


A VIAGEM      •      PARA MERGULHAR       •      SUBMERSO      •      A TER EM CONTA


A viagem

Quando ir
O Mar Vermelho tem uma enorme vantagem - para além de outras - sobre a maioria dos destinos de mergulho, que é precisamente a garantia de se poder mergulhar com muita qualidade ao longo de todo o ano. Neste sentido, este destino de mergulho será sempre uma primeira escolha, no caso de querer mesmo ir lá mergulhar, ou então um plano B, para continuar a fazer férias de mergulho fora de época. No caso concreto de Marsa Alam, poderá mergulhar ao longo de todo o ano, tendo apenas que se preocupar com a protecção térmica, tanto no mar como em terra. Convém portanto que tenha uma noção da evolução das temperaturas, para que vá devidamente protegido. De resto, é daqueles destinos que estará sempre à sua espera.

Onde ficar
A nossa proposta recai em dois hotéis, um claramente vocacionado para o mergulho e outro um pouco mais aberto aos acompanhantes. No primeiro caso, o Marina Lodge Hotel, um espaço com um ambiente muito árabe, para que não nos esqueçamos que o Egipto é um país árabe. Tem a grande vantagem de albergar o centro de mergulho da Emperor Divers e de ter a Marina de Port Ghalib mesmo em frente. Enfim, tudo à mão de semear. Como alternativa, o Iberhotel Lamaya, em Coraya Bay, tem mais facilidades para os acompanhantes do mergulhador e a praia é um pouco melhor. Para mergulhar terá ao seu dispor o centro de mergulho Coraya Divers, a escassa distância do hotel. O mais difícil vai ser escolher, mas para isso cá estaremos para o ajudar.

Além do mergulho
Eis uma excelente oportunidade para pura e simplesmente descansar! Pouco há para ver em redor de Port Galib, tornando os hotéis o centro das atenções, a seguir ao mar, naturalmente. Neste sentido, poderá usufruir de boas piscinas, poderá actualizar o seu logbook, entre uma bebida fresca e uma dormida, apanhar sol e saborear a gastronomia egípcia. Em qualquer altura poderá agarrar na máscara e nas barbatanas e ir fazer apneia; mesmo ali ao pé, poderá ter bons momentos a observar criaturas marinhas, que para os seus acompanhantes poderão ser razão de grande entusiasmo. Enfim, há males que vêm por bem e neste caso, o descanso entre os mergulhos será certamente providencial.

Extensões
O Egipto encerra uma dos maiores espólios arqueológicos do mundo. Estando lá, porque não aproveitar e destapar uma parte do véu? O Cairo tem imenso para oferecer: um museu fabuloso, um trânsito caótico, as Pirâmides, os mercados, a Esfinge, etc. Por seu turno, o interior do país está minado de boas razões para se aventurar pelo deserto: Luxor e o Vale dos Reis são dois excelentes exemplos. Para combater o calor e ter outra perspectiva deste país, um cruzeiro pelo Nilo poderá ser muito compensador, em especial para os acompanhantes que não mergulhem. Poderíamos estar aqui todo o dia, porque a lista é infinita. A nossa proposta recai num programa equilibrado, com uns pózinhos de terra - muito pó - e uns pózinhos de observação da vida marinha residente nos recifes.     • VOLTAR •


Para mergulhar

Centro de mergulho
Escolhemos dois centros de mergulho, ambos muito próximos ou mesmo no hotel, de forma a que não tenha que fazer grandes deslocações no seu dia a dia de mergulho. Em Port Ghalib e com o Marina Lodge Hotel, fica o Emperor Divers, enquanto que em Coraya Bay, o Coraya Divers fica muito perto do Iberhotel Lamaya. Ambos estes operadores de mergulho são o perfeito exemplo do melhor que o Egipto tem para oferecer: qualidade de serviço, rigor técnico e umas instalações de referência. Ficará certamente muito bem impressionado. No que respeita às facilidades, a lista de ambos é muito longa, pelo que destacamos a formação e as salas de aulas - com piscina - excelentes barcos, zonas de lavagem e armazenamento do material, zona de lazer, etc. O nitrox está disponível em ambos os centros, sendo um adicional no caso da Emperor. Poderá alugar todo o material de que necessitar, caso queira aligeirar a sua bagagem. Recomendamos uma navegação pelos sites de ambos, cujos links se encontram em rodapé.

Operação e logística
Tanto os centros de mergulho, como os barcos estão mesmo ao pé dos hotéis, nada de mais cómodo, portanto. Poderá fazer saídas de meio dia ou de um dia inteiro, com um mínimo de dois mergulhos. Poderá almoçar a bordo e fazer um terceiro mergulho pela tarde. Em alternativa às saídas de barco, poderá mergulhar a partir de terra, seja em spots locais, seja em spots mais afastados e que requerem deslocações em autocarro. Mas não se preocupe, pois a logística está muito bem montada e para si será mais uma nova experiência a mergulhar em zonas de difícil acesso por mar. Poderá ser também o programa ideal para mergulhadores ainda em início de carreira e que queiram sentir o chão "seguro". Enfim, um pouco de tudo para todos os gostos.

Adicionais
A organizar localmente, poderá fazer mergulhos nocturnos, que poderão ser locais ou então em spots um pouco mais afastados. Tudo dependerá da sua experiência e do grupo em que esteja inserido. Certamente que ambos os operadores de mergulho farão todos os possíveis para enriquecer as suas férias. O mesmo se aplica a spots mais remotos e exclusivos, que poderá tentar organizar localmente, com custos adicionais a pagar também localmente. • VOLTAR •


Submerso

Temperatura e visibilidade
A amplitude térmica da água do mar chega a ser de 10ºC. Ao longo do ano, naturalmente. Poderá parecer muito, mas tendo em conta que a mínima não baixa dos 20º e a máxima toca nos 30º, um fato de 3mm para o verão e um de 5mm para o inverno resolvem a questão. A visibilidade é sempre boa: por norma não baixa dos quinze a vinte metros, podendo ultrapassar os trinta. Nos naufrágios é tendencialmente mais baixa. Alguns mergulhos no azul poderão ser a perder de vista!

Tipo de mergulhos
Os spots mais numerosos e tradicionais da região de Marsa Alam são recifes sobre fundo de areia e profundidade moderada, ideais para mergulhos de grande duração e para quem prefere mergulhos tranquilos. Este poderá ser o local perfeito para fazer as fotografias perfeitas. Mas há também alguns drop-offs, locais habitualmente mais expostos e mais afastados, assim como naufrágios, onde poderá imaginar o drama em redor de cada afundamento. Todos estes spots são alcançáveis em saídas diárias a partir de Port Ghalib ou de Coraya Bay. Em qualquer altura - dependerá o mar e da sua experiência - poderá fazer mergulhos em corrente, sempre cheios de adrenalina. Os jogos de luz também estão presentes: poderá mergulhar em grutas e cavernas, onde os tons de azul serão os grandes protagonistas.

O que se pode ver
Consoante a altura do ano, poderá ver uma maior concentração de animais de grande porte. Os meses de Junho e Julho são propícios para avistamentos de tubarões. Os golfinhos, e os dugongs serão sempre pontos altos nos seus mergulhos, assim como as mantas. É quase certo que irá ter agradáveis encontros com tartarugas, que tanto poderão ignorá-lo e continuar a almoçar. como poderão tentar comer a sua câmara fotográfica! A vida de recife é ao melhor nível, como aliás já estamos habituados no Mar Vermelho. As cores multiplicam-se, assim como as formas de criaturas que por vezes mais perece terem saído dum filme de ficção. São estes recifes que vale a pena esquadrinhar calmamente, até encontrar aquela espécie que ainda não tínhamos visto. É o Reino de Liliput, mas no seu melhor.

Hot spots
Em direcção a Sul, poderá mergulhar em Elphinstone, uma das melhores referencias do mergulho no Mar Vermelho. Um recife em forma de dedo, com o fundo muito fundo e onde de ambos os lados, poderá contemplar uma parede de chorar por mais. Com ou sem corrente, este será um dos melhores mergulhos que alguma vez fará em recifes do Mar Vermelho. A espantosa quantidade e qualidade dos corais moles, de todas as cores e feitios, fazem deste recife um ícone deste fim do mundo. A não perder.

Saídas especiais
A organizar localmente, poderá visitar recifes mais afastados, dependendo das condições atmosféricas, do mar e da sua experiência. Os profissionais de ambos os centros de mergulho que escolhemos como parceiros, certamente terão as melhores alternativas para si. Consulte-os! • VOLTAR •


A ter em conta

Cuidados de saúde
É desaconselhável consumir água canalizada. Embora seja potável e bem tolerada pelos organismos dos locais, pode provocar distúrbios indesejáveis aos visitantes. Nos meses mais quentes de verão, é fundamental ingerir muita água para evitar o risco de desidratação, potenciado pela sucessão de mergulhos.

Formalidades
Os cidadãos europeus podem obter visto de entrada no Egipto à chegada ao país, mediante aquisição dum selo que se cola no passaporte. Para maior comodidade e evitar esperas desnecessárias, incluímos por norma esse custo no preço total da viagem e fornecemos o selo juntamente com a restante documentação de viagem.

Bagagem
A Egyptair é uma companhia tolerante com a bagagem dos mergulhadores, mas é aconselhável não ultrapassar os 30 kg de bagagem de porão para evitar dissabores no check-in.

Aspectos práticos
Como pode mergulhar nesta zona ao longo de todo o ano, lembre-se que no Inverno as noites são frescas, pelo que terá que usar um agasalho. Troque euros por libras egípcias, para o caso de sair do hotel e fazer algumas compras. As tomadas são no formato europeu. No pico do Verão, leve protector solar e um chapéu, para que não seja literalmente cozido ao sol. Aliás, nesta altura, conte com temperaturas bem acima dos 30º. Beba muita água.


Valor indicativo

• TOPO •



Peça-nos um orçamento através do endereço Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar. ou do número 21 300 70 10.

O Peixe Voador é uma marca registada comercializada sob responsabilidade da Equador e Mendes, Agência de Viagens e Turismo, Lda.
Sede Social: Torre Oriente, Av. Colégio Militar 37F 5°, 1500-081 Lisboa. Capital Social EUR 100 000. Matric. CRC Lisboa/NIPC n.º 505 184 958. RNAVT n.º 2356.