Gratis Joomla Templates by Hostmonster Coupon

Aliwal Shoal

Uma Baixa absolutamente fabulosa!
Quando se pensa na África do Sul como destino de férias, somos imediatamente sugeridos pela savana, pelos Parques Nacionais, onde manadas de Zebras e de Búfalos se deslocam através da imensidão da paisagem. Os finais de dia são um espectáculo inesquecível; não existe pôr-do-sol mais belo do que o africano. A África do Sul é um país com paisagens fabulosas, sendo portanto um excelente destino para fazer as suas férias. Vida selvagem é coisa que não falta, tanto "seca" como "molhada" e é precisamente esta última que mais nos interessa.


A nossa proposta recai na costa Este da África do Sul, mais concretamente na zona de Durban. Estamos em pleno Oceano Índico, numa zona em que as correntes vindas do Norte trazem uma imensidão de espécies para perto da costa sul-africana. Uma Baixa a cerca de cinco quilómetros da costa serve de abrigo, mas também de zona de caça, a muitos pelágicos que, aproveitando as correntes mais quentes, encontram alimento em abundância. Queremos que mergulhe nesta Baixa fabulosa, onde ver tubarões é garantido. Com um pouco de sorte e indo lá na altura certa, pode ser que tenha um encontro com um animal muito especial, o Tubarão Tigre!


A VIAGEM      •      PARA MERGULHAR       •      SUBMERSO      •      A TER EM CONTA


A viagem

Quando ir
Fruto do seu posicionamento muito a Sul, a África do Sul goza de um clima muito particular, com as estações do ano ao contrário das nossas. No entanto, por ser uma zona relativamente árida, terá que se preocupar mais com a amplitude térmica do que propriamente com a chuva, o que faz com que este país seja bom para visitar em qualquer altura do ano. Neste caso, terá mais peso o comportamento animal, que varia de época para época. Entre Junho e Novembro (estaremos no Inverno) será a altura ideal para mergulhar com enormes cardumes de Tubarões Areia, cujo nome em inglês Ragged-tooth Shark lhes assenta que nem uma luva, enquanto que no Verão, poderá ter o privilégio de mergulhar com Tubarões Tigre e Tubarões Martelo. Resumindo, este destino tem a particularidade de ser bom em qualquer altura do ano.

Onde ficar
A zona costeira da África do Sul tem uma oferta de alojamento muito característica; na maior parte dos casos e nestas pequenas povoações, o típico hotel ou lodge mais parece uma casa particular do que propriamente um hotel tradicional. São opções económicas e diferentes, ideais para quem desejar de facto apreciar um estilo de vida diferente. Para que a sua estadia em Umkomaas seja o mais confortável possível, propomos que fique hospedado no Agulhas House Lodge, precisamente em Umkomaas. A construção é recente, os quartos têm óptimo aspecto e fazem parte do edifício onde está o centro de mergulho. O regime é de alojamento e pequeno almoço. Ficará portanto hospedado literalmente por cima do centro de mergulho, com todas as vantagens que daí advêm. Ficará também em pleno centro de Umkomaas, perto das lojas, dos restaurantes e da praia. Como se trata duma vila muito pequena, almoçar ou jantar nos restaurantes existentes na zona será um curto e agradável passeio.

Além do mergulho
Tendo em conta o relativo isolamento a que Umkomaas está remetida, não existe muito mais para fazer para além de mergulhar, provar a gastronomia local e descansar. Diga-se de passagem que com a qualidade dos mergulhos, nem se irá lembrar de querer fazer mais nada a não ser mergulhar de novo. Localmente poderá informar-se sobre os melhores passeios para fazer na zona, podendo contratar os serviços existentes. Algo a não perder é a fabulosa praia, com um ar absolutamente selvagem e que se estende por quilómetros a fio. Poderá ainda fazer windsurf ou jogar golf, assim como visitar algumas reservas de vida selvagem, ou então as inúmeras quintas com criação e exibição de animais selvagens. Durban fica a 40 minutos de distância e merece uma visita.

Extensões
Ir à África do Sul e não visitar pelo menos um dos inúmeros parques nacionais seria imperdoável! Para os mais viciados em betão, uma breve estadia em Joanesburgo permitirá um contacto mais de perto com um modo de vida diferente, para além de ser o ponto de partida ideal para fazer um safari pelo Kruger Park. Em alternativa, sugerimos que opte por um tipo de safari menos convencional; o Elephant Coast Safari, já bem perto da fronteira com Moçambique, permite a observação de várias espécies de grande porte a partir de um barco. São pântanos colossais que se unem ao mar, com paisagens de cortar a respiração, onde poderá observar Zebras, Girafas, Leões, Búfalos e imagine-se... Baleias!     • VOLTAR •


Para mergulhar

Centro de mergulho
O operador de mergulho que lhe propomos é o Agulhas House Dive Centre, no piso térreo do lodge que lhe propomos. Será como mergulhar em casa! Fica muito perto da praia e da foz do rio de onde se fazem as saídas. Terá zonas para secar e guardar o equipamento, sala de aulas, etc.. Têm nitrox disponível até aos 40%, assim como aluguer de material de mergulho. As embarcações são semi-rígidas com oito metros de comprimento e com a capacidade de levar dez mergulhadores cada, ideais portanto para ultrapassarem a rebentação. Poderá ainda dar continuidade à sua formação.

Operação e logística
A Baixa de Aliwal encontra-se a cerca de cinco quilómetros da costa. São vinte minutos de viagem até lá. Dois mergulhos pela manhã, às 7:00 e às 11:00, assim o mar permita, serão suficientes para que a sua satisfação seja infinita. E o cansaço também! Note-se que são mergulhos algo exigentes, com saída a partir da praia, onde será necessário ultrapassar a rebentação. Serve-se também um pequeno lanche a bordo. A parte boa é que entre os dois mergulhos, terá tempo para regressar ao lodge, tomar banho, tomar o pequeno-almço e descansar. Entretanto o staff substitui as garrafas para a segunda saída. Perfeito! No final da manhã, alguém tratará de levar o seu equipamento de e para o centro de mergulho, assim como de o lavar com água doce. São alguns mimos no meio de uma autêntica aventura. Dificilmente conseguirá fazer um mergulho nocturno, pelo menos neste local. A baixa está muito afastada da costa e à noite os tubarões atingem o pico da acção!

Adicionais
Dois naufrágios, o MV Produce e o Nebo, serão sempre excelentes mergulhos. A organizar localmente. Em alternativa, entre Junho e Novembro, poderá fazer observação de baleias. • VOLTAR •


Submerso

Temperatura e visibilidade
A amplitude térmica da água do mar andará entre os 19º no Inverno e os 24º no Verão, o que não é nada mau. Um fato de 5mm ou o seu semi-seco serão suficientes para que esteja confortável. A visibilidade poderá variar desde uns modestos 5 metros até uns estonteantes 40 metros! A Corrente de Aghulas é uma massa de água que vem de Norte para Sul, e que traz consigo calor e espécies tropicais.

Tipo de mergulhos
A topologia desta Baixa não podia ser melhor; poderá fazer mergulhos de fundo, mergulhos em parede, mergulhos em cavernas, mergulhos no azul, mergulhos à deriva, etc.. Aliwal Shoal é de facto uma das melhores zonas do mundo para mergulhar, e ao mesmo tempo sentir a adrenalina a correr nas veias. Não existe jaula entre o mergulhador e as dezenas de tubarões que patrulham estas águas. As profundidades variam entre os 12 e os 40 metros, ideal para mergulhadores com mais ou com menos experiência.

O que se pode ver
Irá certamente ver uma mistura de grandes pelágicos com pequenos peixes típicos de mares tropicais. Os fundos não são ricos em espécies bentónicas, mas quando estiver a olhar para uma dezena de tubarões a passar perto de si, nem sequer irá reparar nisso! As Raias, as Mantas, os Tubarões Tigre e os Tubarões Baleia (ambos no Verão) e os Tubarões Areia (no Inverno) serão os protagonistas dos melhores momentos. Poderá ver Moreias, Garoupas, Peixes Leão e Sargos! As Tartarugas passam a vida a bicar as rochas, mesmo ao lado de uma Anémona cheia de Peixes Palhaço. Durante o Verão, se a sorte estiver do seu lado, pode ser que veja os vultos indiscutíveis dos Tubarões Martelo a passarem alguns metros acima.

Hot spots
Cathedral e Raggies Cave, provavelmente os dois melhores spots para observar de muito perto uma imensa quantidade de tubarões. Em alternativa, existem dois naufrágios, o MV Produce e o Nebo, com bastante interesse e que enriquecem ainda mais esta fabulosa zona de mergulho.

Saídas especiais
Ir mergulhar a Aliwal Shoal é mesmo muito especial. Não se pode pedir mais... Contudo, é possível organizar mergulhos com Tubarões Brancos em Cape Town, em Sodwana Bay e nos Protea Banks. Consulte-nos! • VOLTAR •


A ter em conta

Cuidados de saúde
A África do Sul é um país com um elevado padrão de saúde, comparado com outras regiões de África. A água canalizada é perfeitamente bebível, se bem que sentirá um paladar diferente. Não é necessário qualquer tipo de vacinação. Em zonas mais isoladas, é melhor optar por beber água engarrafada.

Formalidades
Para entrar na África do Sul, basta que tenha um passaporte válido com pelo menos seis meses de validade para além da data de saída. Não é necessário Visto de entrada nem terá que pagar taxas de saída.

Bagagem
Recomendamos que voe com a TAP. O Peixe Voador tem condições vantajosas para oferecer aos seus clientes, caso voe com esta companhia. Consulte-nos para obter uma informação mais detalhada.

Aspectos práticos
Vá preparado para o frio. Leve muitos agasalhos, leve um gorro, leve batom protector e, muito importante, leve comprimidos contra o enjoo, se não tiver um estômago de betão! O mar poderá estar mais agreste e causar "danos" na sua disposição.


Valor indicativo

• TOPO •



Peça-nos um orçamento através do endereço Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar. ou do número 21 300 70 10.

O Peixe Voador é uma marca registada comercializada sob responsabilidade da Equador e Mendes, Agência de Viagens e Turismo, Lda.
Sede Social: Torre Oriente, Av. Colégio Militar 37F 5°, 1500-081 Lisboa. Capital Social EUR 100 000. Matric. CRC Lisboa/NIPC n.º 505 184 958. RNAVT n.º 2356.