Gratis Joomla Templates by Hostmonster Coupon

Nassau

Nassau e o labirinto das Bahamas
Para os mais atentos, propor férias de mergulho em pleno Triângulo das Bermudas poderá parecer um pouco brincar com o fogo... descanse, que se por acaso desaparecer do mapa, será pelos melhores motivos! Um paraíso terreno como este labirinto cromático leva qualquer um a esquecer que as férias duram apenas alguns dias. O regresso a casa será difícil, por isso, porque não perdermo-nos nos mistérios das Bermudas? São cerca de 700 ilhas ao largo da costa da Florida, com uma pequena área de terra mas com uma colossal área de mar. E é este cocktail que faz das Bahamas um destino muito particular.


Por se encontrarem numa zona geográfica com vento q.b., as Bahamas desde sempre que foram procuradas por velejadores, à procura de bons ventos e de melhores enseadas. Por outro lado, uma grande variedade de zonas naturais e de vida selvagem fez com que o governo local tivesse criado 12 parques nacionais, por forma a proteger o Património Natural daquele arquipélago. Juntamos a tudo isto um fundo do mar deveras invulgar, com cerca de 2400 bancos de areia e coral a formarem um rendilhado de vida submersa muito bem conservada, rendilhado esse que detém perto de 5% do coral do planeta. Quem diria! Com este cenário, a nossa proposta recai em Nassau.


A VIAGEM      •      PARA MERGULHAR       •      SUBMERSO      •      A TER EM CONTA


A viagem

Quando ir
Tal como na maior parte da região das Caraíbas, as Bahamas gozam de um clima ideal para passar férias, com um espantoso equilíbrio de temperaturas ao longo da maior parte do ano. Contudo, a Natureza fala sempre mais alto, pelo que tentaremos evitar que as suas férias sejam condicionadas por tempestades tropicais. Neste sentido, desaconselhamos que vá de férias para este destino entre Junho e Novembro. Durante o resto do ano, poderá desfrutar de um clima muito particular com temperaturas amenas, na casa dos 22º a 27º, alguma chuva característica das Caraíbas e sol, muito sol.

Onde ficar
Para que a sua estadia em Nassau seja uma realidade, escolhemos para si três possibilidades de alojamento, por forma a que possamos adequar o programa ao seu budget. São eles o Orange Hill Inn, com um conceito de alojamento mais simples, o Wyndham Resort, uma solução bem mais moderna e cosmopolita e o Sheraton Nassau Beach, com um enquadramento paisagístico soberbo e uma postura arquitectónica mais caribenha. Qualquer dos hotéis poderá ser visto no site do operador de mergulho.

Além do mergulho
Uma das características das Bahamas é precisamente a enorme oferta de actividades. Neste sentido, o mergulho é apenas mais uma. Poderá visitar os vários parques nacionais existentes e observar espécies tropicais invulgares, poderá fazer vela ao sabor dos ventos constantes que atravessam o arquipélago, poderá fazer pesca de alto mar, desafiando-se a si próprio e aos grandes Marlins, ou então, porque não, mudar radicalmente de actividades e experimentar uma partida de golf. Em Nassau, a capital das Bahamas a vida pode ser bastante animada, tal é a variedade existente de restaurantes e barzinhos. A vida boémia ao sabor da brisa poderá tomar conta de si e dos seus companheiros de aventura. Dizem também que os casinos são uma tentação...

Extensões
Uma vez que existe a obrigatoriedade de pernoitar em Londres na ida, porque não aproveitar e passar dois ou três dias a visitar uma das capitais de referência da europa? Um espaço multicultural e multirracial para conhecer, cheio de interacção com os seus visitantes. Consulte-nos.     • VOLTAR •


Para mergulhar

Centro de mergulho
O centro de mergulho que propomos é o Stuart Cove, a operar em Nassau desde finais dos anos setenta. Fica estrategicamente posicionado na ponta sudoeste da ilha, num delicioso emaranhado de canais azuis. Em seu redor, os spots de mergulho chegam aos 35. Para que não lhe falte nada, as instalações incluem uma oficina de manutenção do equipamento, casas de banho com duche de água doce, toda a gama de equipamento para alugar, sala de aulas para formação, sala de arrumação do nosso equipamento durante a estadia, loja de fotografia, loja de equipamento de mergulho e de apneia, etc. Muito completo, de facto.

Operação e logística
O centro de mergulho Stuart Cove dispõe de uma frota de pequenos autocarros que cobrem toda a ilha por zonas, ou seja, qualquer que seja o hotel em que fique, só terá que estar à hora combinada no local combinado, que terá boleia gratuita assegurada, tanto para os mergulhos da manhã como para os mergulhos da tarde. Os barcos saem do ancoradouro por volta das nove da manhã e à uma da tarde, sempre com o objectivo de fazer uma saída dupla. Terá portanto que optar por fazer dois mergulhos pela manhã ou então pela tarde. Uma vez de regresso ao cais, só lhe resta lavar o material, guardá-lo nos cacifos para o efeito e dirigir-se ao mini bus que o levará de volta ao hotel. Caso queira, poderá fazer quatro mergulhos num dia; ou participando nas duas saída ou optando por um safari especial, combinado localmente.

Adicionais
Mergulhos nocturnos, mergulhos com tubarões e o famoso shark feeding, safaris de um dia a bordo ou eventuais promoções. Sugerimos que nos consulte e/ou o site do operador de mergulho em rodapé. • VOLTAR •


Submerso

Temperatura e visibilidade
O mar que rodeia as Bahamas sofre duma oscilação de temperatura que poderá ser um quebra-cabeças para os mergulhadores; 29º no pico do verão, ou seja, em Agosto, mas apenas 22º no Inverno. Como nos preocupamos com o seu bem estar, este será um tema a dar especial atenção quando escolher este destino como a sua próxima viagem. Se um fato de 3mm está perfeito para os meses mais quentes, para os mais frios, um fato de 5mm será o aconselhado. Quanto a visibilidades, não se pode pedir mais. De 30 metros em diante, tudo é possível... não é à toa que neste local algumas algas fazem a fotossíntese bastante mais fundo do que em outras zonas do globo.

Tipo de mergulhos
Do mapa dos tesouros de mergulho, constam 35 spots, com uma variedade notável, senão vejamos; mergulhos em parede, a começarem nos 12 metros e a acabarem perto dos 2000 metros, mergulhos em declive ou em planalto cheios de luz, mergulhos em destroços, que tanto poderão ser de navios como de aviões, mergulhos em jardins de coral, mergulhos com tubarões, etc. A lista é muito extensa, pelo que recomendamos que que consulte o mapa interactivo existente no link em rodapé.

O que se pode ver
As Caraíbas têm uma vida marinha muito característica, de certa forma presente ao longo de toda esta região. Muita cor e muita acção serão garantidas. As Esponjas gigantes competem com o Coral duro pelo espaço no recife; as Gorgónias pavoneiam-se ao sabor da ondulação; os Corais moles, em toda a sua exuberância, servem de casa a espécies mais pequenas; por todo o lado, cardumes de Bodiões, Salemas, Peixe Esquilo, Castanhetas, Cirurgiões, etc., patrulham o recife, sempre curiosos em relação aos mergulhadores. No azul, as Barracudas solitárias aparecem de vez quando. De resto, será caso para dizer que um pouco por todo o lado existem Tubarões, esse magnífico animal que tem o condão de fazer a nossa adrenalina disparar. Poderá também com alguma facilidade observar uma Tartaruga a alimentar-se do Coral mole, mesmo ao lado de uma toca de uma Moreia.

Hot spots
Sem dúvida alguma, a aventura com os Tubarões. É um programa sensacional, com dois mergulhos de muito perto com Tubarões de Recife. Os spots poderão ser o Shark Wall, o The Arena, o Runway Wall ou o The Runway, tudo nomes sugestivos, como poderá imaginar. No primeiro mergulho, a interacção dar-se-á de forma natural, sem recurso a subterfúgios. Já no segundo mergulho, com recurso ao isco, será a loucura total! E olhe que alguns Tubarões passam bem perto... É um programa com um custo de 150USD por mergulhador a pagar localmente.

Saídas especiais
Tubarões e mais tubarões, ou então saídas de um dia inteiro no mar. Tudo sujeito a um número mínimo de participantes e a pagar localmente. • VOLTAR •


A ter em conta

Cuidados de saúde
Devido à pequena área de terra e à enorme massa de água do mar que as rodeia, as Bahamas estão relativamente isoladas, pelo que não padecem dos tradicionais problemas de saúde que poderá encontrar em algumas zonas tropicais. A água da torneira é perfeitamente bebível, poderá no entanto ter um gosto algo diferente, o que compele muita gente a comprar água engarrafada.

Formalidades
Não necessita de visto para entrar nas Bahamas. Há uma taxa de saída do país, no valor de 15USD por pessoa. Leve o dinheiro certo, porque não lhe darão o troco.

Bagagem
A British Airways tem uma política de bagagem de mão que permite levar duas peças para a cabine. No que respeita à bagagem de porão, poderá levar um volume com um máximo de 23Kg, valor este que poderá subir até aos 32Kg com um pagamento adicional de 30 libras esterlinas. Sugerimos uma consulta atenta ao site da BA em rodapé.

Aspectos práticos
Leve protector solar forte, porque nas Bahamas o sol não está para brincadeiras. Leve também USD, moeda plenamente aceite localmente; um Dólar Americano equivale a um Dólar Bahamiano. Com menos cinco horas que o nosso país, não sofrerá muito com o jetleg. Esteja preparado para desembolsar gorjetas gordas, que poderão já estar incluídas nos preços. As tomadas são do tipo americano, pelo que será sensato levar um adaptador. Se andar de táxi, negoceie o preço ou então peça ao taxista para ligar o taxímetro.


Valor indicativo

• TOPO •



Peça-nos um orçamento através do endereço Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar. ou do número 21 300 70 10.

O Peixe Voador é uma marca registada comercializada sob responsabilidade da Equador e Mendes, Agência de Viagens e Turismo, Lda.
Sede Social: Torre Oriente, Av. Colégio Militar 37F 5°, 1500-081 Lisboa. Capital Social EUR 100 000. Matric. CRC Lisboa/NIPC n.º 505 184 958. RNAVT n.º 2356.