Gratis Joomla Templates by Hostmonster Coupon

Gansbaai

Uma jaula e montes de adrenalina!
Quando se pensa na África do Sul como destino de férias, somos imediatamente sugeridos pela savana, pelos Parques Nacionais, onde manadas de Zebras e de Búfalos se deslocam através da imensidão da paisagem. Os finais de dia são um espectáculo inesquecível; não existe pôr-do-sol mais belo do que o africano. A África do Sul é um país com paisagens fabulosas, sendo portanto um excelente destino para fazer as suas férias. Vida selvagem é coisa que não falta, tanto "seca" como "molhada" e é precisamente esta última que mais nos interessa.


Imagina-se frente a frente com um dos predadores de topo dos oceanos? Imagina-se olhos nos olhos com um Tubarão Branco? Esperamos que sim, porque a nossa proposta vai precisamente nesse sentido; mergulhar junto a estas maravilhosas criaturas, que tanto povoam os nossos sonhos como os nossos pesadelos! Gansbaai é uma pequena vila piscatória onde existe uma das maiores concentrações de Tubarão Branco do planeta. O mergulho em jaula, para ver de perto estes fascinantes animais, catapultou este local para as luzes a ribalta. Queremos que lá vá e que traga consigo memórias de que jamais se esquecerá. É o mergulho numa das suas vertentes mais radicais.


A VIAGEM      •      PARA MERGULHAR       •      SUBMERSO      •      A TER EM CONTA


A viagem

Quando ir
Fruto do seu posicionamento muito a Sul, a África do Sul goza de um clima muito particular, com as estações do ano ao contrário das nossas. No entanto, por ser uma zona relativamente árida, terá que se preocupar mais com a amplitude térmica do que propriamente com a chuva, o que faz com que este país seja bom para visitar em qualquer altura do ano. Neste caso, terá mais peso o comportamento animal, que varia de época para época. Entre Março e Outubro - com um pico de Maio a Agosto - será a altura ideal para que as suas observações e interacções com variadas espécies sejam um sucesso. Em terra nascem as crias e no mar os animais de grande porte andam em intensa actividade, e esta é a parte que mais nos interessa!

Onde ficar
A zona costeira da África do Sul tem uma oferta de alojamento muito característica; na maior parte dos casos e nestas pequenas povoações, o típico hotel ou lodge mais parece uma casa particular do que propriamente um hotel tradicional. São opções económicas e diferentes, ideais para quem desejar de facto apreciar um estilo de vida diferente. Contudo, e para que a sua estadia em Gansbaai seja memorável a todos os níveis, sugerimos que fique hospedado no Whale Song Lodge, em De Kelders. Ficará muito perto do operador de cage diving e terá vista directa sobre Walker Bay, um local onde é muito frequente ver Baleias em actividade. A decoração do lodge é pura e simplesmente soberba... tal como a vista.

Além do mergulho
O mais forte que este país tem para oferecer é sem dúvida a vida selvagem. Mesmo que não esteja a mergulhar, terá sempre oportunidade de avistar outras espécies, a partir de terra ou então de barco. Poderá fazer observação de aves, poderá ter encontros imediatos com grandes cetáceos, a partir de uma embarcação, ou então poderá deixar-se levar pelo vento que sopra as montanhas. Os trilhos permitem aos trekkers presenciar paisagens de cortar a respiração, tendo em conta o profundo recorte tanto da costa como das montanhas. As praias, algumas totalmente selvagens, permitem passeios num completo isolamento da civilização.

Extensões
Ir à África do Sul e não visitar pelo menos um dos inúmeros Parques Nacionais seria imperdoável! Tendo em conta que Gansbaai fica um pouco a sul de Cape Town, recomendamos que adicione mais uns dias à sua estadia e que faça um fabuloso safari pelo Kgalagadi Park, onde poderá optar por alugar uma viatura 4x4 e partir pelos trilhos em self-drive, com o respectivo aumento na carga de adrenalina. O Kruger Park será sempre uma referência, pelo que será uma excelente alternativa. Para os mais viciados em betão, uma breve estadia em Joanesburgo permitirá um contacto mais de perto com um modo de vida diferente, para além de ser o ponto de partida ideal para fazer um safari pelo Kruger Park. Por outro lado, a cidade de Cape Town tem um encanto muito especial, capaz de impressionar o viajante mais insensível. A escolha não será fácil e por isso mesmo, estaremos cá para o ajudar.     • VOLTAR •


Para mergulhar

Centro de mergulho
O operador de mergulho que lhe propomos é o Shark Diving Unlimited. As instalações funcionam numa casa isolada, com um jardim em volta, a que chamam de Crew House. Tem um amplo espaço de convívio, onde se servem os pequenos almoços (antes de ir para o mar) e os almoços (no regresso) e onde se visualizam também os filmes feitos durante o dia. Tem balneários com duches de água quente para que se sinta mais confortável no regresso ao lodge. Tem serviço de internet disponível. Tem todo o material necessário para a actividade, pelo que não necessita de levar o seu equipamento pessoal, com todas as vantagens que isso traz para a bagagem. A embarcação é cabinada, tem 12,5 metros e transporta até 30 passageiros e 6 membros da tripulação.

Operação e logística
Ponto de encontro na Crew House, onde dará início à actividade com um generoso pequeno almoço, seguido da distribuição do equipamento de mergulho e de protecção contra o frio e o vento. Uma curta caminhada de poucos minutos até ao porto de Kleinbaai e eis-nos a embarcar no Barracuda. A partir daqui, são até quatro horas de pura aventura no mar! O skipper tentará posicionar o barco nos locais mais promissores, após o que lançam o engodo. De início terá grandes oportunidades de observar e fotografar Tubarões Brancos à superfície. Depois e em sistema de rotação, irá para a jaula, onde a adrenalina terá certamente um pico! Prepare-se para longas apneias, um vez que irá mergulhar sem ar comprimido. Consoante o estado do mar e o comportamento dos animais, assim farão os respectivos ajustes aos mergulhos. No final da sessão, regresso ao centro com direito a um duche quente seguido de um almoço. A projecção das imagens do dia completam a actividade.

Adicionais
Como irá estar numa zona com uma enorme concentração de Focas, poderá contratar localmente um operador de mergulho, para que possa observar estas simpáticas e graciosas criaturas a escassos metros de distância... ou ainda menos!     • VOLTAR •


Submerso

Temperatura e visibilidade
Caso viaje para Gansbaai entre Maio e Agosto, apanhará o inverno local. Contudo, esta é a melhor altura para mergulhar; a água está mais quente, podendo atingir os 18º a 20º e a visibilidade é maior, podendo variar entre os 10 e os 20 metros. Os fatos normalmente disponibilizados são húmidos de 5mm. No entanto, as condições poderão mudar de uma forma desconcertante. As correntes marítimas próximas do Cabo da Boa Esperança e os ventos que por vezes estragam o mar, fazem com que tanto a visibilidade como a temperatura da água variem sem um padrão certo. Vá preparado!

Tipo de mergulhos
Mergulhos em jaula! Após verificarem que os Tubarões estão descontraídos, a tripulação baixa a jaula, que poderá alojar até seis mergulhadores. Imagine uma jaula com cerca de 2,5 metros de altura, em que dois metros estão submersos. Os mergulhadores estarão lá dentro num sistema de rotação, até um máximo de 45 minutos. Durante todo este tempo, terá que fazer apneia, para poder estar cara a cara com estes fabulosos animais. As fotografias tiradas de fora da jaula são as melhores, mas isso é algo que terá que combinar localmente com o operador de mergulho.

O que se pode ver
Poderá ver muitos Tubarões Brancos a rondarem a jaula. Os comprimentos variam entre os dois e os cinco metros, tudo irá depender da sua estrelinha da sorte! Num bom dia de observação, chegam a contar perto de vinte exemplares. Se alguns são mais tímidos e apenas estão interessados no engodo, outros não resistem a deitar um olho aos seres estranhos que estão dentro de uma jaula, ao ponto de lhe tocarem...

Hot spots
Todos! Os mergulhos decorrem em redor da Ilha de Dyer, a cerca de vinte minutos de navegação da costa. Toda aquela zona é um verdadeiro hot spot!

Saídas especiais
Saídas especiais? Não existem, porque melhor é impossível!     • VOLTAR •


A ter em conta

Cuidados de saúde
A África do Sul é um país com um elevado padrão de saúde, comparado com outras regiões de África. A água canalizada é perfeitamente bebível, se bem que sentirá um paladar diferente. Não é necessário qualquer tipo de vacinação. Em zonas mais isoladas, é melhor optar por beber água engarrafada.

Formalidades
Para entrar na África do Sul, basta que tenha um passaporte válido com pelo menos seis meses de validade para além da data de saída. Não é necessário visto de entrada nem terá que pagar taxas de saída.

Bagagem
Recomendamos que voe com a TAP. O Peixe Voador tem condições vantajosas para oferecer aos seus clientes, caso voe com esta companhia. Consulte-nos para obter uma informação mais detalhada.

Aspectos práticos
Vá preparado para o frio. Leve muitos agasalhos, leve um gorro, leve batom protector e, muito importante, leve comprimidos contra o enjoo, se não tiver um estômago de betão! O mar poderá estar mais agreste e causar "danos" na sua disposição.


Valor indicativo

• TOPO •


Peça-nos um orçamento através do endereço Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar. ou do número 21 300 70 10.

O Peixe Voador é uma marca registada comercializada sob responsabilidade da Equador e Mendes, Agência de Viagens e Turismo, Lda.
Sede Social: Torre Oriente, Av. Colégio Militar 37F 5°, 1500-081 Lisboa. Capital Social EUR 100 000. Matric. CRC Lisboa/NIPC n.º 505 184 958. RNAVT n.º 2356.